LEIA TAMBÉM

Os EUA parecem não querer desistir da sua batalha contra a Huawei, tendo decidido acrescentar novas acusações de conspiração e roubo de propriedade intelectual pela empresa tecnológica chinesa.

A acusação afirma que, ao longo de décadas, a Huawei conseguiu obter informações confidenciais e propriedade intelectual por meios indevidos, violando acordos de confidencialidade e recrutando colaboradores dos seus rivais. O Departamento de Justiça dos EUA até aponta que a tecnológica chinesa ofereceu bônus aos colaboradores que obtivessem informações confidenciais.

continua depois da publicidade

continue lendo

O objetivo da Huawei com esta estratégia teria sido cortar os custos de investigação e desenvolvimento de novas tecnologias, ganhando assim a dianteira em relação aos seus principais rivais.

A empresa chinesa ainda não comentou as acusações dos norte-americanos.