LEIA TAMBÉM

Flávio Bolsonaro pede a Aras para investigar servidores

continua depois da publicidade

continue lendo

A defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) enviou notícia-crime à Procuradoria-Geral da República pedindo a abertura de investigação sobre suposto acesso ilegal de informações por parte de servidores da Receita.

Os advogados tentam anular as investigações sobre "rachadinhas" na Assembleia Legislativa do Rio sob alegação de que informações presentes no relatório que detectou movimentações suspeitas, como a do ex-assessor Fabrício Queiroz, foram obtidas ilegalmente.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.