LEIA TAMBÉM

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa, que investiga os serviços de telefonia móvel oferecidos no Estado se reúne nesta quinta-feira (21/11) com especialistas do setor, para debater o tema. O encontro ocorrerá a partir das 14h, no Complexo de Comissões Técnicas da Casa.

 

Nesta quarta reunião do colegiado participam coordenadores do Grupo de Pesquisa em Telecomunicações Sem Fio (GTEL) e professores do Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Ceará (UFC). Os especialistas convidados são os professores doutores Francisco Rodrigo Porto Cavalcanti, Tarcísio Ferreira Maciel, Walter da Cruz Freitas Júnior e Yuri Carvalho Barbosa Silva. Cada um vai expor suas teses e sugerir soluções para resolver ou minimizar os problemas da telefonia móvel no Ceará.

Os técnicos vão subsidiar e atualizar a CPI sobre o que, realmente, está havendo com a telefonia móvel no Estado. Em reuniões anteriores, a Comissão ouviu a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e as operadoras Oi e TIM.

continua depois da publicidade

continue lendo

Segundo o deputado Welington Landim (Pros), presidente da CPI da Telefonia Móvel, “esta será uma oportunidade de o consumidor acompanhar as razões pelas quais o problema está emperrado e é tão caro”. Ele esclarece que qualquer cidadão poderá comparecer à reunião como ouvinte, enquanto as perguntas são prerrogativas dos membros da Comissão.

Além da TV Assembleia e da FM Assembleia, a reunião da CPI da Telefonia Móvel poderá ser acompanhada pelo site cpi.al.ce.gov.br. A Comissão conta também com um perfil no facebook, sob o endereço facebook.com/cpimovelceara. Assim o cidadão terá informações atuais e poderá acompanhar as reuniões, emitir opiniões e entrar em contato com a Comissão.

Além do deputado Welington Landim, são titulares da CPI os deputados Professor Pinheiro (PT – vice-presidente), Fernando Hugo (SDD – relator), Mirian Sobreira (Pros), Delegado Cavalcante (PDT), Idemar Citó (DEM), Danniel Oliveira (PMDB), Osmar Baquit (PSD) e Mário Helio (PMN – que substitui Lula Morais – PCdoB, licenciado).
LS/AT