LEIA TAMBÉM

Ao lançar hoje (26) o plano Progredir, o presidente Michel Temer disse que assumiu o país em um momento de recessão “significativa” e que nos últimos meses o Brasil começou a responder às ações de incentivo ao crescimento do país.

“Pegamos o país em uma recessão muito significativa, expressiva. Trabalhamos, tiramos o país da recessão e nesses últimos cinco meses, sem embargo disso ou daquilo, o país começou a responder a todo o trabalho que o governo fez de combate à recessão e de crescimento do país”, disse o presidente durante discurso.

Temer disse aos presentes que irá tomar o nome do plano lançado, “Progredir”, como lema do governo. Ele comentou que o pico de 76 mil pontos alcançado pela Bolsa de Valores na semana passada demonstra a credibilidade e a confiança dos investidores no país e relatou que, nas viagens que faz ao exterior, os empresários demonstraram interesse em investir no Brasil. “Ninguém investe se não tiver confiança naquilo que está acontecendo no país”, disse.

continua depois da publicidade

continue lendo

O lançamento do plano Progredir reuniu ministros, empresários e parlamentares no Palácio do Planalto. O plano tem a meta de capacitar e emancipar financeiramente famílias beneficiárias do Bolsa Família e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais com ações de profissionalização, incentivo ao empreendedorismo e acesso ao mercado de trabalho. A iniciativa vai disponibilizar R$ 3 bilhões por ano em linha de microcrédito.