LEIA TAMBÉM

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – Um vídeo que mostra o ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso fazendo uma piada a respeito de eleições em Roraima tem circulado de maneira distorcida nas redes sociais, motivando ataques de apoiadores de Jair Bolsonaro.

O presidente da República tem atacado Barroso publicamente por entender que o ministro, que é presidente do Tribunal Superior Eleitoral, influenciou parlamentares a ficarem contra a PEC do voto impresso. A proposta foi derrotada no plenário da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (10).

continua depois da publicidade

continue lendo

Na gravação, Barroso diz: "Eu brinquei com ele que eleição em Roraima não se vence, se toma". Ele pergunta então "isso está com som", aparentemente se referindo às câmeras.

No vídeo compartilhado por perfis bolsonaristas, a legenda omite a referência a Roraima, em provável tentativa de insinuar que Barroso fez uma fala golpista.

O gabinete do ministro Barroso afirma que, no vídeo, em conversa informal com deputados, ele repetiu, referindo-se a Roraima, frase que lhe foi dita por um parlamentar e que achou curiosa.