LEIA TAMBÉM

Três homens foram presos no Ceará somente no último domingo de páscoa (08), acusados de agressão a mulheres.

O que chama a atenção nos crimes é que todos foram cometidos contra mulheres da própria família dos agressores, e com apenas 11 horas de diferença entre um crime e outro. Os homens foram enquadrados na Lei Maria da Penha.

Duas prisões em Russas

O primeiro preso foi Francisco Daniel da Silva, 19, acusado de agredir a sua tia A.P.S. (identidade preservada), 29, que é agricultora na região. O crime teria acontecido por volta de 10h da manhã do domingo. O rapaz ainda é acusado de destruir alguns utensílios da residência. Diante da acusação, os dois foram encaminhados à DRPC, onde prestaram depoimentos, que levaram à prisão de Francisco Daniel.

continua depois da publicidade

continue lendo

Poucas horas depois, por volta das 18h, Francisco Wilson Sousa de Lima, 21, foi preso em flagrante por agredir sua esposa, E.S.D. (identidade preservada), também na cidade de Russas. A polícia foi acionada e levou o homem preso. A mulher do acusado também foi conduzida à delegacia para serem realizados os devidos procedimentos legais.

Outra prisão em Juazeiro

Em Juazeiro do Norte, no Cariri cearense, foi preso Francisco de Assis Santos da Silva, 35, acusado de também agredir fisicamente sua esposa C.M.C (identidade preservada). Eram cerca de 21h também do domingo, quando uma equipe do Ronda do Quarteirão daquela localidade foi acionada e encaminhou o casal à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da cidade, onde foram lavrados os devidos procedimentos.