LEIA TAMBÉM

Please enter banners and links.

A cacique Madalena Pitaguary (55), liderança indígena baleada na noite desta quarta-feira (12), foi transferida do Hospital Municipal de Maracanaú para o Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza.

Segundo a direção do Hospital de Maracanaú, o estado de saúde de Madalena é estável, ela conversa com equipe médica e deve passar por novos exames para saber quando receberá alta.

Madalena foi baleada quando voltava para casa, na Terra Indígena Pitaguary, em Maracanaú. Ela foi atingida de raspão por um tiro na nuca. A bala não chegou a fraturar o crânio, conforme o Hospital de Maracanaú. A cacique foi encaminhada consciente à unidade hospitalar.

Segundo membros da comunidade, o caso aconteceu por volta das 20h30. Ela caminhava ao lado da irmã, do neto e de uma vizinha, quando foi surpeendida por um homem armado. Antes de ser baleada, Madalena chegou a travar luta corporal com o homem suspeito de atirar. O suspeito fugiu após o disparo.

faça login para continuar lendo

RECOMENDADAS

A Polícia Civil do Estado do Ceará investiga o caso. Até o início da tarde desta quinta-feira, ninguém foi preso.

Com informações do G1 Ceará