LEIA TAMBÉM

Milhares de pessoas protestam em Barcelona contra decisão do governo espanhol de destituir o presidente da Catalunha Reuters/Gonzalo Fuentes/Direitos Reservados

Autoridades da Catalunha, entre elas o presidente regional, Carles Puigdemont, e milhares de pessoas participam de manifestação no centro de Barcelona contra as medidas decididas neste sábado (21) pelo governo da Espanha para restabelecer a ordem constitucional na região. As informações são da Agência EFE.

Com gritos de "independência", o protesto foi organizado com o lema: "Em defesa dos direitos e das liberdades". A manifestação já tinha sido convocada há alguns dias para exigir a liberdade de dois líderes de entidades sociais independentistas que foram detidos.

continua depois da publicidade

continue lendo

Os dois foram presos provisoriamente por ordem da Audiência Nacional da Espanha, acusados do crime de "insurreição" por promover o assédio à Guarda Civil em Barcelona quando os agentes federais faziam uma operação em uma sede do governo regional em setembro.

O vice-presidente regional da Catalunha, Oriol Junqueras, pediu que a população participe do protesto depois das medidas tomadas pelo governo de Mariano Rajoy. Para ele, os cidadãos devem proteger a Catalunha do totalitarismo.

O governo da Espanha propôs hoje a destituição de Puigdemont e de toda sua equipe, a limitação das funções do parlamento regional e a convocação de eleições no prazo máximo de seis meses.

A proposta, que ainda deve ser autorizada pelo Senado, significa que o governo central assumiria temporariamente o controle da Catalunha, comandando órgãos como a Secretaria de Fazenda e a Mossos d'Esquadra, a polícia regional.

*É proibida a reprodução total ou parcial desse material. Direitos Reservados