Leia também

Pelo menos 70 pessoas morreram e mais de 120 ficaram feridas na explosão de uma bomba durante um comício eleitoral na cidade de Mastung, no sudoeste do Paquistão, indicou hoje um novo balanço do ministro regional da Saúde.

Segundo Faiz Kakar, citado pela agência francesa AFP, "70 corpos encontram-se em seis hospitais diferentes" e mais de 120 pessoas ficaram feridas, entre as quais "15 a 20 estão em estado critico".

Previamente, o ministro do Interior da província de Baluchistão, Agha Umar Bungalzai, tinha anunciado a morte de 25 pessoas.

De acordo com Bungalzai, o ataque teve como alvo um comício do dirigente político Mir Siraj Raisani, que morreu.

continua depois da publicidade

Recomendadas

Este ataque foi o segundo ocorrido hoje durante um comício eleitoral no Paquistão, onde as eleições legislativas serão realizadas a 25 de julho sob um clima tenso.

+ Jovem chinês passa por cirurgia após inserir cabo USB em seu pênis

Hoje de manhã, uma bomba escondida numa moto explodiu perto de Bannu (noroeste), durante a passagem do comboio de outro candidato às eleições, matando quatro pessoas e ferindo outras 40, anunciou a polícia.

O candidato visado, Akram Khan Durrani, representante de uma coligação de partidos religiosos (MMA), sobreviveu ao ataque. Com informações da Lusa.

Do site Notícias ao Minuto

ÚLTIMAS NOTÍCIAS