LEIA TAMBÉM

Pelo menos 15 recrutas morreram e outros quatro ficaram feridos hoje (21), após um ataque suicida nas proximidades de uma academia militar em Cabul. Esse foi o terceiro atentado registrado no Afeganistão desde ontem (20), quando dois terroristas suicidas mataram mais de 80 pessoas em mesquitas do país. As informações são da Agência EFE.

Outro suicida detonou os explosivos que carregava por volta das 15h30 locais (8h em Brasília), perto da entrada da Academia Militar Marshal Fahim, no Oeste da capital, informou o porta-voz do Ministério de Defesa do Afeganistão, Dawlat Waziri.

"Quinze pessoas morreram e quatro ficaram feridas no ataque suicida", acrescentou o porta-voz.

Em comunicado divulgado posteriormente, o Ministério de Defesa declarou que o ataque tinha como alvo um micro-ônibus que levava soldados do Exército. Os recrutas estavam na academia apenas para um curto período de treinamento.

continua depois da publicidade

continue lendo

Os feridos, todos eles militares, assim como os mortos, foram levados a hospitais da região.

Mesquita

As forças de segurança do Afeganistão isolaram a área para investigar detalhes do ataque, que ainda não foi reivindicado por nenhum grupo insurgente que atua no país.

Ontem, um terrorista suicida invadiu a mesquita xiita Iman Zaman, também no oeste de Cabul, matando 56 pessoas e deixando 55 feridas. Horas antes, um incidente similar tinha sido registrado na província de Ghor, no oeste do país, onde 30 pessoas morreram.

O atentado da capital foi reivindicado pelo grupo terrorista Estado Islâmico.

*É proibida a reprodução total ou parcial desse material. Direitos Reservados