LEIA TAMBÉM

Seminário debate reforma previdenciária e sustentabilidade do IPM Saúde

Um grupo de 13 entidades representativas dos servidores e empregados públicos de Fortaleza realiza, nos dias 19 e 20 de setembro, seminário sobre a Reforma Previdenciária, impactos no Programa Prevfor e a sustentabilidade do IPM Saúde.

O evento acontece de 8h às 13h, no auditório do Instituto de Previdência do Município (IPM), localizado na Avenida da Universidade, 1.940.

Objetivo
O objetivo é “aprofundar o conhecimento das reais condições financeiras do IPM Saúde e as medidas necessárias para que tenham uma efetiva cobertura da assistência-saúde”, dizem os organizadores.

“O IPM Saúde chegou ao seu limite! Ele está se esvaziando literalmente. A redução dos convênios, tanto em hospitais e clínicas como em relação aos médicos, acontece todos os dias. Há limitação dos serviços, incluindo consultas, as autorizações estão cada vez mais difíceis”, afirma, Mário Nunes, coordenador da Frente Sindical dos Servidores e Empregados Públicos Municipais de Fortaleza.

continua depois da publicidade

continue lendo

Reclamação
De acordo com os servidores, o IPM Saúde sempre conservou a característica exemplar de um atendimento humanizado, principalmente se comparado com outros planos de saúde. “No entanto, atualmente, temos enfrentado constrangimentos e dificuldades enormes no dia a dia da nossa assistência saúde. Até exames mais simples têm sido complicado realizar… Tem mês que dia 5 não tem mais hemograma! Imagine ressonância magnética…”, diz Mário Nunes. “Se ficarmos parados, o nosso IPM vai se tornar um ISSEC que não garante assistência nenhuma. O IPM Saúde é de interesse somente dos servidores, para a gestão municipal é simplesmente um gasto a mais”, completa Nunes.

Serviço: Seminário Reforma Previdenciária, impactos no Programa Prevfor e a sustentabilidade do IPM Saúde
Data: 19 e 20 de setembro
Hora: 8h às 13h
Local: IPM Saúde (Avenida da Universidade, 1.940)