LEIA TAMBÉM

A Prefeitura liberou, na manhã desta terça-feira (26/09), mais um trecho da obra da Avenida Aguanambi. Com a liberação, motoristas podem subir o viaduto por uma faixa no sentido BR-116/Centro da Cidade e seguir viagem pela Avenida Aguanambi. A primeira parte do tráfego no sentindo oposto foi liberado em março deste ano.

A única restrição para o tráfego liberado é para ônibus e caminhões que devem continuar usando o desvio pela Avenida Visconde do Rio Branco. Motoristas de veículos de pequeno e médio porte seguem pelo trecho liberado parcialmente. “Eu percebi a mudança quando já estava chegando aqui e vi os agentes de trânsito da AMC orientando a passar. O trânsito já tá bem mais fácil a partir daqui”, disse a geógrafa Karina Holanda.

continua depois da publicidade

continue lendo

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf) informa que a obra está com 65% de execução. Com entrega prevista para janeiro de 2018, o projeto prevê a ampliação e urbanização de toda a Av. Aguanambi, no trecho entre a Av. Domingos Olímpio e a rotatória da Av. Eduardo Girão. “Eu estou ansioso pela entrega total porque aqui temos muito engarrafamento. Já consigo perceber como vai melhorar e ficar diferente”, pontuou o comerciante Geovane Costa.

Quando concluídas as intervenções, Fortaleza ganhará seu terceiro corredor expresso de ônibus. O sistema irá garantir a redução do tempo de viagem dos coletivos, principalmente na Av. Aguanambi, por onde trafegam hoje 71 mil veículos por dia, além de 37 linhas de ônibus que beneficiam, diariamente, cerca de 198 mil passageiros. Com investimento de R$ 95 milhões, as obras foram iniciadas em fevereiro do ano passado e fazem parte do corredor expresso Messejana/Centro.

O projeto prevê diversas intervenções na região. Com a requalificação e urbanização, a avenida passará a contar com quatro faixas para fluxo de veículos, sendo uma exclusiva para o transporte público. Além disso, estão sendo construídas novas calçadas e ciclovia. Serão instaladas seis estações de ônibus junto ao canteiro central. Também haverá a reforma de duas praças e da rotatória existente sob o novo viaduto. A previsão é que tudo seja entregue em janeiro de 2018.