LEIA TAMBÉM

A informatização das Unidades Básicas de Saúde do Eusébio está praticamente concluída, segundo informou o prefeito Acilon Gonçalves, faltando apenas os postos do Novo Portugal e Lagoinha, o que deve ocorrer durante o mês de março. “Com a informatização poderemos acompanhar, em tempo real, tudo que ocorre nos postos de saúde, desde consultas, encaminhamentos de exames, entrega de medicamentos, prevenções e atendimentos domiciliares. O que trará subsídios para nossa organização e planejamento de ações em cada comunidade,” disse o prefeito.

De acordo com o secretário de Saúde de Eusébio, Mário Lúcio, a informatização já está em funcionamento na maioria dos postos de saúde, trazendo muitos benefícios, dentre eles, a transparência, a organização, a garantia que a informação fica registrada, a possibilidade de acesso e acompanhamento, facilidade para planejar as ações a serem realizadas, controle dos processos de atendimento, racionalização do fornecimento de medicamentos e insumos., entre outras informações que podem ser acompanhadas de forma limpa.

Mário Lúcio observa que até o presente momento, o município vem arcando com os custos da informatização da rede de saúde. Todavia, o Ministério da Saúde criou o Programa de Informatização das Unidades Básicas de Saúde (PIUBS), no final do ano passado, e deverá compartilhar o financiamento das ações com os municípios. “Estamos na etapa de cadastramento dos municípios, o Eusébio já foi cadastrado para aderir ao PIUBs, que vai financiar a metade dos gastos com o sistema, com a conectividade e com a manutenção das estações de trabalho, mas só para a rede básica” detalhou.

continua depois da publicidade

RECOMENDADAS

continue lendo

Segundo ele, o município do Eusébio, todavia, foi além e está fazendo uma informatização geral e irrestrita de toda a rede. “Já informatizamos o Hospital Municipal, a Policlínica, o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) e estamos avançando para os CAPS e Centro de Reabilitação”, ressaltou. Ele observa que todo o atendimento aos usuários e os agendamentos serão feitos por meio digital, favorecendo e dando perspectiva,

que no futuro, o Eusébio possa ter uma transparência maior, permitindo os usuários uma interação mais forte com o sistema de saúde. Caminhamos para que os usuários possam, por meio próprio, usando seu celular, marcar consultas e acompanhar o seu protocolo junto as unidades de saúde”, frisou.

O prefeito Acilon pontua ainda sobre a questão da falta de medicamentos nos postos de saúde. Segundo ele, os medicamentos de diabetes e hipertensão não devem faltar. “Temos um convenio com uma farmácia que está se dirigindo aos postos para garantir o estoque. Faltam incluir nesse sistema apenas os Postos de Urucunema, Lagoinha e Parque Havaí, que ocorrerá neste mês de Março”. Quanto aos medicamentos básicos, o prefeito pede aos usuários que se dirijam a Farmácia Central, quando o remédio não tiver no posto para fazer a solicitação, que o mesmo será disponibilizado, no máximo em 72 horas.

Com informações do Governo Municipal