LEIA TAMBÉM

Jogadores da seleção da Croácia se envolveram em uma nova polêmica sobre o uso de símbolos nacionalistas na Copa do Mundo. Durante a comemoração do segundo lugar no Mundial, os atletas subiram ao palco com Marko Perkovic, vocalista da banda Thompson, que é tida como apoiadora do nazifascismo.

O grupo é conhecida por ter usado símbolos considerados ligados à Ustache, facção ultranacionalista que participou do extermínio de sérvios, judeus, muçulmanos e ciganos na na década de 1940 na Croácia.

continua depois da publicidade

RECOMENDADAS

continue lendo

Um dos principais jogadores do time, Ivan Raktic, chegou até a postar uma foto ao lado do cantor com a legenda "o rei chegou".

Stigo je kralj..! jedan jedini.!!! Idemo hrvatska

Uma publicação partilhada por Ivan Rakitic (@ivanrakitic) a 16 de Jul, 2018 às 6:59 PDT

Uma pesquisa do site Index aponta que mais de 60% dos croatas desaprovaram a presença de Perkovic na comemoração. O cantor, no entanto, nega ter relação com o nazifascismo no país. Ele chegou a dizer, em 2007, que os integrantes da banda são "apenas patriotas".

Leia também: Gol de Philippe Coutinho pode ganhar como o melhor da Copa; vote!

Do site Notícias ao Minuto