LEIA TAMBÉM

O Inácio Arruda (PCdoB) disse, em entrevista ao jornal O Estado, que a sigla tem boas perspectiva para as eleições deste ano.

Segundo ele, que recentemente lançou sua pré-candidatura ao cargo de deputado federal, a intenção do partido é “dobrar o tamanho da bancada” do PCdoB na Câmara dos Deputados (com duas cadeiras a mais) e aumentar em 50% na Assembleia (de dois para três deputados).

Além disso, conta ele, o partido está trabalhando com a ideia de que essa será sua última eleição com coligação em Brasília, com perspectiva de que já tenham chapa própria em 2022.

“Agora temos seis candidatos à Câmara Federal. Na estadual não, já temos nossa chapa, nossa chapa já garante um êxito eleitoral. Na Câmara já é mais difícil, mas temos que construir, começar esse caminho”, diz ele. A depender do que acontecer até junho, continua, esse número de seis candidatos poderá ser mantido, diminuir ou até aumentar.

faça login para continuar lendo

RECOMENDADAS

Camilo
Com relação à disputa pelo cargo executivo no Ceará, Inácio afirma que o partido está apoiando a reeleição de Camilo Santana (PT) e destaca a atuação do governante desde 2014. “O primeiro ano do governo foi muito difícil, era o governador fazendo conta para garantir que nenhum servidor deixasse de receber salário e serviços essenciais de saúde, educação, assistência social, segurança pública fossem mantidos. Pra nós é o governo mais avançado que tivemos na história desse estado”, ressalta.

Com informações do OE