LEIA TAMBÉM

Alguns moradores de Santo André, no ABC paulista, tiveram aumento de até 75% no IPTU de 2018. O reajuste é acima do limite estabelecido por uma lei do próprio município.

O teto estabelecido pela legislação para apartamentos, garagens e comércios é de 60% de aumento. Casas podem ter o imposto reajustado em até 50% e, para indústrias, o valor pode subir até 70%. Para os terrenos, o aumento pode chegar a 80%.

Como observado pelo 'G1', o bairro Cidade Recreio da Borda do Campo teve um dos maiores aumentos, mesmo sem ter saneamento básico, esgoto e água encanada. As casas são abastecidas semanalmente por um caminhão pipa custeado pelos moradores.

continua depois da publicidade

RECOMENDADAS

+ Prêmio Nobel: resultado mais provável para bitcoin é colapso

Por ser um bairro onde antigamente havia apenas chácaras, as casas estão registradas como terrenos. Uma delas – com terreno de dois mil metros quadrados e quatrocentos de área construída – teve o IPTU reajustado em 53%.

Em nota, a Prefeitura de Santo André garantiu que em todos os casos que os reajustes estão acima do teto, o valor será recalculado. Para isto, os moradores devem se dirigir à Prefeitura.

Em relação às reclamações de falta de zeladoria, saneamento básico e água encanada, a Prefeitura alega que a cidade ficou muito tempo descuidada e que está fazendo um governo de reconstrução.