LEIA TAMBÉM

A economia dos Estados Unidos criou 850 mil empregos em junho, em termos líquidos, segundo dados publicados nesta sexta-feira, 2, pelo Departamento do Trabalho do país. O resultado ficou dentro da faixa de expectativa de analistas consultados pelo Estadão/ Broadcast, que previam a criação de 500 mil a 1,05 milhão de vagas no último mês, e acima da mediana de 800 mil. Já a taxa de desemprego dos EUA subiu de 5,8% em maio para 5,9% em junho. A projeção era de queda da taxa, a 5,7%.

continua depois da publicidade

continue lendo

O Departamento do Comércio também revisou os números de geração de postos em maio, de 559 mil para 583 mil, e em abril, de 278 mil para 269 mil.

Em junho, o salário médio por hora aumentou 0,33% em relação a maio, ou US$ 0,10, a US$ 30,40. Neste caso, a previsão era de alta um pouco maior, de 0,40%. Na comparação anual, houve acréscimo salarial de 3,58% em junho, também abaixo do avanço previsto de 3,70%.