LEIA TAMBÉM

Entre os ganhos apontados, estão a ampliação da cooperação entre Estado e Município e fortalecimento da cultura do planejamento (Foto: Marcos Moura)

A Prefeitura de Fortaleza realizou reunião com os coordenadores das Câmaras Setoriais de Acompanhamento do Plano Fortaleza 2040, na manhã desta quinta-feira (30/11), na sede do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor). A ação teve como objetivo dialogar sobre as atividades já em andamento do projeto, além de compartilhar e pontuar ações a serem implementadas.

“Tivemos oportunidade de ver aqui que o grupo está entusiasmado. Há uma integração importante entre as várias Câmaras. Estamos iniciando um processo de transformação da gestão, sendo trabalhada de forma integrada, compartilhada, inclusive com a participação da população. Esse é um processo muito interessante. Está trazendo avanços, fazendo parte de um aprendizado sobre o próprio planejamento transversal e participativo da cidade”, afirmou Eudoro Santana, superintendente do Iplanfor.

No local, foi realizado o monitoramento do plano, avaliado trabalhos realizados pelas Câmaras Setoriais, discutido ações implementadas, além daquilo que deverá ser colocado em prática para a concretização das demandas do projeto.

Entre os resultados já obtidos, foram apontados ganhos, como a gestão mais articulada em busca de ações integradas, ampliação da cooperação entre Estado e Município, fortalecimento da cultura do planejamento, maior coordenação das ações participativas e a atuação do plano como mediador de alguns conflitos inerentes as questões da Cidade. Além desses, já se encontram incluídos nos instrumentos de Planejamento como ações iniciadas as atividades relativas ao Plano Diretor, Parque Rachel de Queiroz, reestruturação da restrição de circulação de cargas em Fortaleza, prospecção de novas operações urbanas consorciadas, plano de caminhabilidade, entre outros.

continua depois da publicidade

continue lendo

Itamárcia Araújo, secretária adjunta da Saúde, comentou o que o Fortaleza 2040 e a cidade ganham com as atividades das Câmaras Setoriais. “Essa é uma iniciativa importantíssima para a gestão, pois precisamos pensar nas políticas públicas a longo prazo. O que vimos hoje em mais uma etapa, mais uma reunião das Câmaras Setoriais, foi que temos muitas das ações que visão 2040 já acontecendo. Isso quer dizer que temos um caminho a ser percorrido, mas que ele já começou. Nossa expectativa é que ele seja aprimorado e que possamos dar o alcance que o plano merece ter para que a população de Fortaleza se aproprie e entenda que ele tem como foco o cidadão e a coletividade”, completou.

O projeto Fortaleza 2040 propõe o planejamento da cidade de Fortaleza com estratégias a serem implementadas no curto, médio e longo prazo (tendo como horizonte o ano 2040), contemplando o Plano Mestre Urbanístico, Plano de Mobilidade e Plano de Desenvolvimento Econômico e Social. O objetivo é construir uma cidade organizada, estruturada e que tenha metas de desenvolvimento e sustentabilidade de forma integrada e articulada com a sociedade, como política pública continuada.