LEIA TAMBÉM

Os secretários municipais Queiroz Filho (Chefe de Gabinete) e Patrícia Macêdo (Relações Internacionais) participaram, no início da tarde desta terça-feira (07/11), da primeira sessão a distância do Programa de Lideranças para as Cidades, realizado pela Fundação Bloomberg e Universidade de Harvard, o Bloomberg Harvard City Leadership Initiative. A sala de aula virtual reuniu 60 alunos, que acompanharam a aula ministrada a partir da Harvard Kennedy School, em Boston, Massachusetts.
O curso é reconhecido por capacitar prefeitos e suas equipes com ferramentas e técnicas de ponta para lidar com os desafios de gerenciamento enfrentados em suas cidades. O tema do primeiro encontro foi “O cidadão em primeiro lugar: gerenciando a inovação através dos dados do usuário”, ministrado por David Eaves, conferencista em política pública pela Harvard Kennedy School, escola de governança da Universidade de Harvard.
O prefeito Roberto Cláudio foi o único prefeito brasileiro a fazer parte do grupo de 40 prefeitos do mundo convidados pela Fundação Bloomberg e Universidade de Harvard a participar do Programa de Lideranças para as Cidades. A primeira etapa do curso foi realizada em Nova York, nos Estados Unidos, em julho. Em seguida, o convite foi estendido a dois secretários apontados pelo Prefeito.
O programa inaugural da Iniciativa Bloomberg Harvard de Liderança para Cidades tem duração de um ano e tem como objetivo conectar os líderes gestores das cidades, disponibilizando ferramentas de tecnologia, know-how e práticas inovadoras para que possam aplicar localmente essas experiências.
A Iniciativa Bloomberg/Harvard é uma colaboração entre a Bloomberg Philanthropies (fundação dirigida pelo ex-prefeito de Nova York, Michael Bloomberg), Harvard Kennedy School e Harvard Business School. A participação para prefeitos é totalmente financiada pela instituição, incluindo taxa de matrícula, acomodação, refeições e passagens aéreas. De toda a América Latina, apenas os prefeitos de Fortaleza e Santiago do Chile participaram do curso.

continua depois da publicidade

continue lendo