LEIA TAMBÉM

O prefeito Roberto Cláudio foi entrevistado pelos jornalistas Kezya Diniz e Enivaldo Barbosa (Foto: Queiroz Netto)

O prefeito Roberto Cláudio participou, nesta quarta-feira (29/11), do programa Expresso em Pauta da Rádio Expresso Somzoom 104,3 FM, apresentado pelos jornalistas Kezya Diniz e Enivaldo Barbosa.

Durante a entrevista, o Prefeito destacou a redução das mortes no trânsito de Fortaleza, resultado de um conjunto de intervenções e ações de mobilidade e segurança viária. De acordo com estatísticas da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), 121 pessoas morreram nos primeiros seis meses deste ano, representando o menor número já registrado desde que os dados passaram a ser sistematizados, em 2001.

Entre as medidas da Prefeitura, estão a ampliação da rede cicloviária, que hoje já dispõe de 218.8 Km de ciclofaixas e ciclovias; o Programa de Apoio à Circulação de Pedestres, que contempla áreas de trânsito calmo, travessias elevadas e faixas em diagonal; binários para reorganização do trânsito, além de campanhas educativas, intervenções de engenharia de tráfego e fiscalização efetiva.

Transporte público
Ainda falando sobre trânsito, o gestor citou as melhorias no transporte público de Fortaleza. As constantes intervenções trazem tranquilidade e comodidade para os usuários e mais qualidade de vida para quem trabalha na frota. Fortaleza tem mais de 1,1 milhão de usuários do transporte público. A parceria entre a Prefeitura e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) tem garantido mais conforto e comodidade aos passageiros.

As faixas exclusivas, ar condicionado e wi-fi, a implantação de bilhete único, a qualidade da frota e o cumprimento das escalas de trabalho fizeram com que Fortaleza fosse a cidade da América Latina mais bem avaliada pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) no tocante ao transporte público. "Até março, todos os ônibus de Fortaleza estarão com wi-fi disponível para os usuários. Tenho orgulho desse status, mas de uma forma muito tranquila, sei que temos um longo caminho pela frente", pontuou o gestor. Em Fortaleza, os ônibus apresentam idade média de 5,3 anos. Além disso, a acessibilidade está garantida a 92,8% da frota, ou seja, de um total de 2.008 veículos cadastrados, 1.864 veículos têm elevador.

Infraestrutura
Em janeiro de 2018, a Prefeitura entrega o Terminal de Messejana, o maior e mais moderno da Cidade. No mesmo período, será entregue o corredor exclusivo da Avenida Aguanambi. Além disso, até o início do ano que vem, todos os terminais estarão equipados com as estações das bicicletas compartilhadas. Até dezembro deste ano, a Prefeitura finaliza a instalação das centrais de medicamentos. “Iremos também continuar com a política de expansão das faixas exclusivas e aumentando a oferta de serviços para os usuários do transporte público. Tudo para garantir mais conforto, rapidez e comodidade ao cidadão que vai para o trabalho ou para a casa”, destacou o Prefeito.

continua depois da publicidade

continue lendo

Saúde
Sobre a política da Prefeitura para a saúde mental, o gestor lembrou a inauguração, nesta terça-feira (28/11), do primeiro Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) localizado no Centro de Fortaleza. O equipamento deve atender fortalezenses em situação de vulnerabilidade social nesta área da Cidade. "Temos um grande número de moradores de rua no Centro da Cidade, e muitos deles com problemas de álcool e drogas. Equipamentos como esses e como o abrigo de moradores de rua, também no Centro, ajudarão muito a vida dessas pessoas. O nosso foco é a saúde delas", disse o Prefeito.

O CAPS AD conta com salas de acolhimento, enfermagem, Núcleo de Atendimento ao Cliente (NAC), além de sala para reuniões em grupo, biblioteca e consultório, e está equipado com novo mobiliário, amplo espaço de convivência e atendimento diário de 8h às 17h.

O Prefeito lembrou que, dentro do Plano Municipal para a Saúde Mental, está previsto concurso para psiquiatras, psicólogos e outros profissionais de saúde. Outras duas unidades de acolhimento para dependentes químicos serão inauguradas, uma na Cidade 2000 e outra na Barra do Ceará. "Outro destaque é que vamos regularizar todo o estoque de medicamentos nas farmácias do CAPS, da mesma maneira como fizemos essa regulariade nos postos de saúde", explicou Roberto Cláudio.

Segurança municipal
O Prefeito anunciou, durante a entrevista, que a Prefeitura de Fortaleza está trabalhando em parceria com o Governo do Estado para identificar quais as linhas e horários de ônibus são mais vulneráveis, incluindo os terminais de ônibus, para resolver questões de violência contra os usuários.

Com relação às ações para a Cidade, o Prefeito destacou o Plano de Segurança Municipal, desenvolvido pelo vice-prefeito, Moroni Torgan. As primeiras ações irão acontecer nos bairros Jangurussu e Goiabeiras, com a implantação estratégica de torres de segurança. Os trabalhos desenvolvidos serão fortalecidos por equipamentos tecnológicos, como drones, câmaras de vigilância e videomonitoramento, comandadas por guardas municipais e policiais militares, 24 horas por dia.

Sobre o concurso da Guarda Municipal, o Prefeito se comprometeu a chamar, até fevereiro de 2020 (novo prazo do certame), os quase 500 candidatos que estão no cadastro reserva. "Meu compromisso é chamar integralmente todos eles para trabalhar no Plano Municipal de Segurança. À medida em que formos abrindo as torres, no primeiro semestre do próximo ano, eles serão chamados para completar as equipes", garantiu o gestor.