LEIA TAMBÉM

Com as ações, o Aeroporto Pinto Martins terá uma infraestrutura de terminal de classe mundial (Foto: Kaio Machado)

O prefeito Roberto Cláudio reuniu-se com o governador Camilo Santana, o presidente do conselho consultivo da Fraport, Stefan Schulte, a vice-presidente do conselho consultivo, Aletta Von Massenbach, e a CEO da Fraport no Brasil, Andreea Pal, nesta segunda-feira (23/10), no Palácio da Abolição. Durante o evento, foram apresentadas as ações que serão realizadas no Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Na coletiva de imprensa, a empresa anunciou a ampliação dos serviços ofertados, da estrutura atual, da expectativa de número de passageiros e da concorrência entre os aeroportos. De acordo com a CEO no Brasil, Andreea Pal, uma expansão do prédio do terminal será iniciada a partir de fevereiro do próximo ano e ficará pronta em outubro de 2019. As obras vão contemplar a ampliação da pista de rolamento, novos estandes de aviões, extensão da pista, novos portões de acesso, renovação de cercas, nivelamento de faixas e remoção de obstáculos, reforma das vias de serviço e extensão do pátio de manobras. Com isso, o Aeroporto Pinto Martins terá uma infraestrutura de terminal de classe mundial.

“Nossos objetivos são para melhorar a infraestrutura e a competitividade entre todos os aeroportos brasileiros. Queremos entregar o Aeroporto pronto em 2019, é um curto período de tempo para todas as obras, mas temos experiência e vamos conseguir. A meta é dobrar o número de passageiros para 14 a 16 milhões”, disse Andreea Pal. Atualmente, o Pinto Martins recebe cerca de 6 milhões de passageiros por ano.

O investimento inicial da empresa será de R$ 600 milhões. As prioridades, que serão iniciadas em fevereiro, terão a ampliação e melhoria na pista de pouso e decolagem e melhorias nos serviços de wi-fi, banheiros e iluminação.

continua depois da publicidade

continue lendo

Para Roberto Cláudio, o novo Aeroporto vai trazer melhorias para a economia de todo o Estado. “Nossa animação é com as oportunidades que surgirão com a nova administração do Pinto Martins. Fortaleza tem o turismo como sua principal vocação econômica, e cabe principalmente ao Governo e Município garantir todo o apoio necessário de uma parceria benéfica por décadas ao nosso Estado. Tenho a convicção que novos empregos e renda serão gerados agora”, afirmou o Prefeito.

O governador Camilo Santana destacou que a concessão faz parte de uma estratégia para fortalecer o aspecto geográfico do Ceará perante o mundo. “A Fraport é uma das maiores empresas do mundo e vai estimular nosso Estado para receber mais passageiros do mundo. Prova disso é o HUB da Air France/KLM/GOL que virá para Fortaleza em maio. Essa parceria só tem a somar para o nosso povo”, comentou.

Segundo o presidente do conselho consultivo da Fraport, Stefan Schulte, o potencial de desenvolvimento da economia e do turismo e a posição estratégica da Europa, América do Norte e América Central são grandes vantagens de Fortaleza. “Estamos muito orgulhosos de receber essa responsabilidade de gerir o Aeroporto. Tenho certeza que a Cidade vai crescer e vai atrair ainda mais turistas de todo mundo. Traremos o nosso melhor pessoal, que tem bastante experiência, e vamos reconstruir esse equipamento junto com todo o apoio que estamos recebendo com a Prefeitura, Governo e população”, explicou.

A Fraport conquistou a concessão do equipamento em leilão realizado em 16 de março deste ano, em São Paulo. A empresa alemã vai gerir o aeroporto pelo período de 30 anos, após ter firmado o lance de R$ 1,5 bilhão. Atualmente, a Fraport administram 24 terminais distribuídos na Europa, Ásia e América do Sul, inclusive o Aeroporto de Frankfurt, um dos mais movimentados do mundo.