LEIA TAMBÉM

Batalhões da Polícia Militar ainda estão sendo ocupados por PMs amotinados neste sábado (22), em Fortaleza e cidades do interior do estado no 5º dia de paralisação de parte de grupos de PMs e esposas.

A Capital registra desde quarta dias violentos.

COMO ESTÃO OS BATALHÕES

Nesta manhã, o 18º, no bairro Antônio Bezerra, está rodeado de carros da polícia com pneus esvaziados. A unidade foi uma das primeiras a registrar motim na terça-feira (18). Alguns carros, além dos pneus secos, estão danificados, com portas amassadas por exemplo. Há tendas em frente ao batalhão, com cadeiras e garrafas de água.

No 22° Batalhão, no Papicu, nenhuma viatura parada em frente. Não há viaturas paradas, entretanto não apresenta funcionamento regular.

Já no 17°, no Conjunto Ceará, duas viaturas fazem o bloqueio das duas entradas do Batalhão. Apesar disso, 21 policiais se apresentaram espontaneamente. Eles estão saindo neste momento para postos estratégicos.

16°, na Messejana, está fechado. Nenhum oficial do Batalhão está nas ruas, segundo apurou reportagem do Sistema Verdes Mares. Há 23 viaturas no pátio. Todas com pneus furados ou secos. Diversas motos, cerca de 30, também com pneus em igual situação.

12º, em Caucaia, também estão sem operação normal. Em Caucaia, há cerca de 30 carros da corporação parados, além de movimentação de amotinados no local.

14º BP, em Maracanaú, cerca de 30 viaturas espalhadas pelo pátio. Algumas com pneus furados ou secos. Em média, 20 policiais estavam no Batalhão, todos sem balaclava.

Já em Juazeiro do Norte, o estacionamento do Vapt-Vupt da cidade é ponto de concentração de PMs do  Batalhão.

Em Iguatu, continua a mesma situação da última sexta com 18 viaturas paradas em frente ao Quartel do 10 BPM, na rua Adeodato Matos, no bairro Flores.

Os policiais continuam amotinados na Base da Ciopaer e Raio de Sobral. Do lado de fora, é possível ver a movimentação de policiais grevistas entrando e saindo. O senador Cid Gomes tentou desocupar um batalhão na cidade na quarta-feira avançando sobre o portão com um retroescavadeira e foi ferido a tiros. Gomes está se recuperando em um hospital particular de Fortaleza.

Viatura baleada

Um veículo de patrulhamento com policiais civis foi alvo de vários tiros na noite desta sexta-feira (21), em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo informações repassadas pela Delegacia Metropolitana do município, os agentes de segurança faziam ronda no bairro Parque Soledade quando receberam os disparos. Um dos vidros da viatura chegou a quebrar.

Nenhum policial ficou ferido. Nenhum suspeito foi detido.

Carnaval cancelado em algumas cidades

continua depois da publicidade

continue lendo

A situação no Ceará também se estendeu às festas de Carnaval, que foram canceladas em nove municípios do interior do estado, sendo estes Paracuru, Milagres, Canindé, Paraipaba, Forquilha, Horizonte, São Luiz do Curu, General Sampaio e Santana do Cariri.

A decisão está ligada à paralisação e, as cidades que decidiram manter os eventos carnavalescos, contrataram seguranças particulares.

Exército

A presença de 2,5 mil soldados do Exército Brasileiro no Ceará reforçam a segurança nas ruas do Estado, além de 150 agentes da Força Nacional que estão na região para conter a crise na segurança pública após motim de parte dos policiais militares.

“Militares garantem segurança na Av. Mister Hull. Ao todo, 2,5 mil soldados do Exército Brasileiro no Ceará reforçam as ruas do Ceará (Vídeo: José Leomar)”

Embedded video
Essas medidas estão dentro da Operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) decretada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Segundo o comandante da 10ª Região Militar, Fernando da Cunha Mattos, outros 150 agentes da Força Nacional devem chegar ao Ceará neste fim de semana. As Forças Armadas atuam de modo prioritário no patrulhamento em cidades da Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo com informações do Exército, o envio para o interior depende da necessidade.

A informação é do Diário do Nordeste