LEIA TAMBÉM

A Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa realizou reunião, na segunda-feira (22), para discutir os desdobramentos do caso envolvendo denúncias contra o prefeito afastado de Uruburetama, o médico José Hilson de Paiva, acusado de abuso sexual de mulheres durante atendimento ginecológico em unidades de saúde da cidade.

O encontro, realizado na Assembleia Legislativa, contou com a presença de representantes da Casa da Mulher Brasileira, Secretaria de Mulheres do Estado, Conselho Estadual de Direitos Humanos, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Mulher), Juizado da Mulher, Fórum Cearense de Mulheres, União Brasileira de Mulheres e Coletivo Mulheres do Ceará com Dilma.

continua depois da publicidade

continue lendo

Visitas
A procuradora Especial da Mulher na Casa, deputada Augusta Brito (PCdoB), informou que já foi visitada a cidade de Uruburetama e, agora, o colegiado visitará a cidade de Cruz, na próxima sexta-feira (26), para tomar conhecimento das investigações acerca do caso.

Preocupação
Segundo Augusta Brito, a principal preocupação da Procuradoria é com as mulheres que fizeram as denúncias. “Vamos dar toda assistências às vítimas e, a partir dessa visita, poderemos executar diversas ações efetivas de atendimento com psicólogas, advogadas, enfim, toda uma rede que possa dar atenção a essas mulheres”, destacou.

Com informações da Assessoria