LEIA TAMBÉM

Há mais de um mês os médicos de Caucaia vêm se manifestando e ameaçando entrar em greve. A categoria lutava pela implementação, na integralidade, do seu Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) aprovado desde 2010. As negociações com o poder municipal avançavam para que a população não fosse prejudicada.

 No mês de maio, o prefeito de Caucaia, Washington Góis, depois de muitas negociações entre a categoria e o Sindicato dos Médicos do Ceará (Simec), acatou as reivindicações e o projeto de lei já foi aprovado na Câmara Municipal de Caucaia.
No dia 20 de junho. De imediato, os médicos foram contemplados no novo PCCS com gratificação de plantão e data-base, reajuste anual em todo 1º de junho. Com a implementação das vantagens negociadas, os médicos admitidos nos anos de 1992 a 1999 terão reajustes em seus vencimentos em média de 20% a 35%, por exemplo.

 

continua depois da publicidade

continue lendo

Fonte: Blog de Caucaia