As obras começam imediatamente e integram um primeiro momento de intervenção, que durará três meses. O investimento será de R$ 1,4 milhão e terá como prioridade a execução de melhorias na segurança da coberta. Também serão reformadas as quatro fachadas laterais do prédio.

Em seguida, todos os outros quatros pavilhões serão reformados com a instalação de uma nova estrutura metálica e fachada ventilada. “Estamos aqui hoje para dar o passo inicial da reforma e assegurar empregos. Demos apoio quando o telhado caiu por duas vezes. Queremos resolver o problema. Temos a vontade de fazer e estamos fazendo nossa parte. Este mercado agora sai”, anunciou o prefeito.

Titular da Secretaria Municipal de Patrimônio, Serviços Públicos e Transporte (SPSPTrans), Assis Medeiros classificou o momento como “de muita alegria e emoção”. “Aqui é o coração de Caucaia. Há muito tempo vinhamos nos reunindo e o prefeito decidiu fazer a reforma”, acrescentou.

Já o secretário municipal de Turismo e Cultura, Paulo Guerra, enalteceu a importância histórica do Mercado. “Um dia, o mercado será incluindo no roteiro turístico de Caucaia. Temos que olhar na visão da geração de emprego e renda. O Mercado é a própria história deste município. Os comerciantes saberão reconhecer o esforço em prol deste local histórico.”

Para a diretora do Mercado, Elenice Sousa, o sentimento de emoção predomina na maioria dos permissionários. “Estou emocionada porque é uma luta nossa de muito tempo. Vamos ver tudo bonito em novembro. Será nosso presente de Natal.”

Maria de Sousa atende há três anos em um boxe de refeições. Ela acredita que agora, com a reforma, vai trabalhar com mais segurança. “Esta obra será ótimo. Nosso medo era tirar o Mercado daqui, mas ele ficará e agora novo com a reforma.”

Leia Também

Ozimar Guerreiro, permissionário do box 16, vende cereais há 19 anos e acredita que a reforma é boa porque o mercado não passa por grandes intervenções há muito tempo. “A nossa segurança estará assegurada.”

Com informações do Jornal dos Municípios 

View Comments (0)

Leave a Reply